1/3
Isonô
Escultura, 2016

O trabalho dá continuidade à uma série onde o pensamento escultórico de Michelangelo é retomado, assim como na obra "Carro Alegórico". O artista afirmava que as formas de suas esculturas estavam dentro do blocos de mármore, e que cabia a ele retirá-las de lá. Para a obra as formas de garrafas, taças e copos são retiradas de blocos de isopor para a composição de naturezas-mortas. O título “Isonô” remete a como o material isopor é chamado no comércio informal.