1/6

1/10
Na Calada
Intervenção, 2016

A ação teve como ponto de partida a Rua Guaicurus, conhecida como “Zona de Belo Horizonte”, um dos maiores centros de prostituição da América Latina, onde o comércio sexual acontece nos hotéis da rua e arredores. Observando a utilização da luz vermelha, presente nos quartos dos 30 hotéis, o trabalho tem como ação o deslocamento da luz desse espaço privado dos quartos para o espaço público da rua. Na ação todos os postes da rua Guaicurus receberam gelatinas de iluminação na cor vermelha, e ao cair da noite, a rua era completamente iluminada por um tom avermelhado.

 

Trabalho realizado durante Residência Artística no Museu do Sexo das Putas de Belo Horizonte. Projeto realizado pela APROSMIG - Associação das Prostitutas de Minas Gerais e patrocinado pela FUNARTE.